A Rede COCOGUM no Brasil

A natureza e a razão indicam como viver,
Até os animais aproveitam melhor a "Manada"

Integração é a solução

Uma Rede ou uma Corrente é a união de fios de algodão ou arames de aço que formam elos que trabalham entrelaçadas com o mesmo objetivo, são “Unidades Múltiplas” que onde um vai, vai todos.

Uma Sociedade Gestora que realiza o trabalho de integração, convidando-os a todos para sermos Socios.

Você gostaria de:

-Ser empresario com a sua família e vizinhos como Sócios numa empresa que produz para gerar renda e seguridade para todos?
-Que esta empresa faz parte de uma estrutura forte que coordena e comercializa o que é produzido por todos no Município?
-Que a empresa crie uma espécie de ponte com Produtores para trazer ate a sua casa, tudo de melhor e mais barato?

Venha para que você entenda a maneira de conseguir isso, temos a proposta.
Inscreva-se na nossa newsletter, você receberá todas as novidades em seu e-mail

Suscriba su e.mail

Razões para ponderar

A maioria das pessoas reclama das desigualdades, da pobreza, da falta de oportunidades, aliás, você, sem dúvida, também é afetado pela violência que essa desigualdade, discriminação ou falta de dinheiro gera.

Vamos refletir um pouco sobre isso:

Tudo o que consumimos é produzido pela natureza e ela não cobra por isso, além disso, é evidente que quem transforma tudo o que ela produz é o ser humano, e todo ser humano nasce igual, temos o mesmo cérebro e estamos obrigados a aprender tudo com nossos pais, família e comunidade próxima

Qual é o argumento para permitir submisso e indolente que algo não natural e imposto por tradições irracionais nos domine e force a maioria a viver com necessidade insatisfeita e alguns até morrer de fome por causa de um individualismo que destrói essa igualdade natural?

“O Sistema” que domina o mundo é invisível, mas existe, são muito poucos, mas eles controlam a maior parte da riqueza e todos nós, direta ou indiretamente, trabalhamos para eles.

Como filantropos, eles contribuem com dinheiro para universidades e institutos científicos, controlando assim a educação, patentes e fórmulas descobertas, assumindo seus conhecimentos para nos impor os produtos de suas fábricas.

Agora, com a internet, eles estão perdendo o controle, além disso, ambientalistas reclamam da poluição causante das mudanças climáticas, em decorrência do abuso de suas fábricas e negócios.

Para não perder o controle, eles projetaram soluções de base tentando assumir o poder total em um mundo sem fronteiras submetido ao seu poder econômico e diminuir a população mundial para fazer frente às mudanças climáticas.

Para isso, promovem conflitos e investem em fundações que promovam as ideias “progressistas” na mídia e nas universidades cujos profissionais formados como professores vêm doutrinar seus alunos nas escolas com ideias de esquerda.

Também promovem o feminismo, a ideologia de gênero e o aborto para destruir a Família e dominar a população, enchendo de ódio os inconformados, instando-os a protestar com violência, a fim de desestabilizar a sociedade.

Eles pagam políticos corruptos de todos os partidos em todas as nações para impor suas propostas como lei, planejando obter o voto do povo com a esquerda, prometendo um salário universal e distribuição de riqueza, apoiado por sua mídia, fundações e sindicatos.

Nas eleições, os votos são contados em máquinas que utilizam seu software, com juízes de esquerda (Revolucionários dos anos 70) que favorecem a tomada do poder de seus políticos, para depois transformá-los em ditadores e com eles controlar as riquezas naturais e identidades , objetivo deles.

O mundo que planejam já tem seu primeiro ensaio, na China, desde os anos 70 investiram seu dinheiro para promover o desenvolvimento que vemos hoje, mas o detalhe é que conseguiram isso com a população submetida a uma tirania que exerce controle total e eles querem expandir esse modelo.

Com seus meios, o que se diz a respeito, fazem parecer “teorias da conspiração”, mas são fatos reais contra os quais devemos nos defender agora, ou logo será tarde demais, vejamos apenas o que acontece no mundo, especialmente em detalhes, o que acontece na Venezuela, Nicarágua e Argentina.

Vamos reagir

A solução pode ser difícil, mas não é inatingível. Trata-se de usar a razão em vez de revoluções ou guerras sangrentas, a ideia é que podemos usar os mesmos meios com que eles nos dominaram.

A lógica e a razão indicam que a união aumenta a força de todos, é um mandato natural que não praticamos, aglomeramos nas cidades, mas nelas vivemos isolados num perverso individualismo imposto pelo “Sistema”, obrigando-nos a menosprezar ou ter medo dos vizinhos.

Temos que deixar de lado aquele modelo social imposto pelo “Sistema”, podemos somar nosso capital, conhecimento, experiência e habilidades para gerar riqueza competitiva apoiados na inteligência coletiva resultante da integração em empresas lucrativas fortes o suficiente para competir com multinacionais e monopólios.

Todos podemos participar como Afiliado, Associado ou Socios em redes que promovam um modelo social que apoie a todos e faça da família uma empresa rentável, unida à sua comunidade, também convertida em empresa comercial e produtora de bens ou serviços.

Temos certeza de que aqueles paradigmas que destroem nossas vidas de seres racionais são rompidos ao se integrar às Redes, alcançando uma realidade melhor para todos.

A opção de mudar depende de nós mesmos

Muitas vezes na história, houve tentativas malsucedidas de se livrar desse jugo opressor dos opulentos convertidos em tiranos ou reyes com revoluções e guerras mais eles sempre venceram com o seu poder economico.
Mas é inaceitável continuar subjugado e submisso a um erro. 
É hora de mudar de estratégia e a proposta é simples, vamos nos unir para mudar o seu modelo, se a natureza nos dá tudo, não há razão válida de ser escravos desse “Sistema”.

Você pode nos ajudar a tecer as redes unido com a sua família para funcionar como empresa rentavel e trabalhar como socios da empresa da sua comunidade que é socia da empresa no Município, juntando esses conhecimentos e capitais apoiados pelas Redes de COCOGUM da qual também são Socios.

Surge assim uma estrutura competitiva e lucrativa para todos estabelecendo as Redes na Região, logo no Estado e depois no Brasil e o mundo inteiro.

Precisamos divulgar a proposta, você pode nos ajudar nisso, veja toda a explicação e entenderá a dimensão, se puder nos ajudar agora, alcançaremos os objetivos mais rapidamente para o benefício de todos.



info@cocogum.org – Whatsapp 55 (11) 9 4823 9304 – Gustavo Mejía Quintero – Movimento Cocogum-Racional / Redes COCOGUM
plugins premium WordPress